18 de maio de 2007

Onde possas descansar




Eu te sinto tão cansado,
E vejo que o tempo pra ti tem passado
Rápido e devastador demais.
Por vezes então eu sonho
E me vejo chamando baixinho teu nome
Suplicando que venhas aqui comigo um pouco.
Pois sei amor meu, que esse meu corpo sereno e teu
É um bom lugar para que possas dormir e sonhar.
Devias vir agora, devias esquecer-te da hora
Devias correr do teu frio escritório,
E passar os dias e as noites a me amar.
Em tua agenda rabiscada de compromissos
Parecem ser mais importante que os sorrisos
Que você daria se estivesse comigo.
Tu pensas demais! Ousa sentir um pouco!
Ousa me amar como louco.
Ousa partires desse mundo fechado.
Ousa viver o resto de teus dias ao meu lado.
Deixa eu ser o abraço onde possas se entregar.
Deixa eu ser a mão doce que nunca vai te largar.
Deixa eu ser, meu amado, o lugar onde possas descansar.

( Cáh Morandi )

Nenhum comentário:

Curta