9 de maio de 2007

A última vez que fui embora

Andamos a cidade inteira
Falando dessas coisas passageiras
Que a gente nem vê passar.
Naquelas ruas inúmeras, risadas tantas
Voltas e voltas sem chegar
A qualquer lugar.
Mas era bom, e me fez lembrar
Da minha mão em tua perna
Enquanto dirigias, enquanto dizias
Pra sempre me amar.
Esqueceu-se porém da verdade
Da onde irias me deixar...
Era onde eu embarcava,
Onde voltava pra casa
E deixava um banco vazio em meu lugar.

( Cáh Morandi )

Nenhum comentário:

Curta