3 de maio de 2007

Jogada ao vento IV



Ele ficou na calçada
Mão no bolso,
Outra nos lábios.
Pensou, deve ter hesitado.
Entrei no carro,
Virei a esquina.
Lá estava ele parado.
Dei o ultimo adeus
Através do vidro abaixado.
Ele sorriu.
Eu chorei.
E foi assim,
Sem um certo fim
Que terminou meu grande amor.
Numa noite de domingo.
E o dia que havia sido tão lindo
Me lembra uma grande dor.

( Cáh Morandi )


Nenhum comentário:

Curta