9 de maio de 2007

Eu não sei
Se a ti me lancei.
Não sei se tu me levaste.
Mas que a entrega seja mutua.
E que eu me doe mais ainda.
E que nunca deixes de me envolver.
Porque agora eu olho pro céu de meu mundo
E ele está tão lindo, está tão limpo
Que se não fosse azul seria branco...
E eu me vejo um arco íris lá pintado
Para depois dar-te a mão para nele caminhar.

Nenhum comentário:

Curta