7 de maio de 2007

Despertei



[ Céu azul ]

Que vai até o infinito
Prendo em meu peito
O ar desse mar tão calmo
Caminhei sem pressa.
A sol surgia como Rei
Raios luminosos
Traduzindo minh’alma.
Em graça, em luz, em força
Amanhecia junto com o dia
Algo dentro de mim nessa manhã.
Visão de sublime beleza
Que despertava em meu intimo.

( Cáh Morandi )
24/03/2007

Nenhum comentário:

Curta