19 de abril de 2007

Parceria com Febá - Céu & Mar.



Céu & Mar
(Fernando Febá & Cáh Morandi)


O azul surge na paz das almas aos fins de tardes
Esquecidas como o vento em lugares distantes
A cor aparece em fusão, céu e mar a se amar
Infinito a transbordar o vermelho no sol a sangrar
Diamante que reflete todas as cores são teus olhos castanhos
Como os cavalos azuis, criamos asas aos sentimentos, pela poesia, em deslumbre as fantasias
Desejo de caminhar entre os campos amarelos de girassóis que sonho
Retorno as primaveras porque delas sou parte, aos pensamentos
Eu danço entre as aquarelas que pinto em minhas noites brancas
Escrevo pelas tardes, ando caçando as paisagens, como caço as emoções
A arte se forma na beleza da pintura que surge, tem teus traços
Deslumbrei lugares, e fui poeta de um mundo perdido
As cores todas surgiam, te dei as mãos para caminharmos num arco-íris
Enquanto o sol deixava fragmentos, no céu a trabalhar pelo azul com o mar
E era lindo ver-te trazer nas tuas mãos as tintas que pintavam as minhas manhãs
A poesia companheira das estrelas surgia, num sereno que sobrava do dia
Sublime certeza, tinhas todas as cores guardadas em teu olhar.



** Febá e eu já temos algumas poesias juntos, mas essa é uma de minhas preferidas e agora percebi não ter postado nenhuma nossa aqui.

Nenhum comentário:

Curta