16 de abril de 2007

Parceria com Cris



Amor em flor exala

(Cris Poesia e Cáh Morandi)


Sinto um aroma de flores no ar...
Sinto que vai passar
Exalam o perfume que vem de ti.
Me pego a sorrir, na esperança que vais surgir..
Entre os campos verdes, em uma tardinha
Minha alma de encontro a tua caminha.
Vem de mansinho fazer-me carinhos.
Em mim roçar,quero-te amar....
Na terra, nessa primavera, em qualquer estação.
Sem medo e inteira, na manhã derradeira, me entregar..
Sem rodeios,me leia em segredo..
Desvenda-me,cubra-me de ardentes beijos.
Cada parte do meu ser, saboreie calmamente
Como fruta, como flor, porque sou tua amor
Com toques suaves, inimagináveis...
Distrai-me com ritmo,de ti necessito..
Dança meu corpo grudado no teu
Soa no prazer dessa entrega sedenta
Dentro de mim,delírio sem fim...
Pelas entranhas,com força tamanha...
Eu grito, é mais que pecado cometido
Mais forte me segure, ainda mais o desejo perdure
Me abraça me laça..Suor despudora.Se instala,aflora...
Sem justa causa me entrego ao delirio.
Com tamanha sede, com vontade eu suplico.
Goza, sem fim, exala, verte, nesse jardim
No passar dessa hora, desnudos
Enquanto surge a aurora.
Fazendo-me viajar percorra-me sem parar...
Freneticamente, tu és meu presente
Da vida, vindo dos sonhos
Pra sempre!


(14/04/2007)

Nenhum comentário:

Curta