10 de abril de 2007

Minha Prece de Amor


Senhor,
Hoje vou contar-te com as palavras certas
Tudo que sinto, mesmo que já saibas.
Pai, poderias me deixar sem alimento,
...Mas eu jamais morreria de fome.
Coloca-me em um deserto escaldante
...E não me entregaria eu de sede.
Lança-me amarrada no oceano
...Que assim mesmo não me afogaria.
Penetra em mim a doença sem cura
...Que te digo Deus, eu sobreviveria!
Joga-me numa caverna de gelo
...E ainda assim dormiria meu corpo quente.
Me conheces Senhor,
E sabes o porque te digo isso.
Pois não há nada mais que me fere,
Que me torture, que me falece.
Um dia morri de amor,
E só por ele eu suplicaria e me permitiria
Morrer tantas vezes mais.

“Encontrar o amor de verdade, é já morrer
E viver em eternidade.”

( Cáh Morandi )

Nenhum comentário:

Curta