23 de abril de 2007

Desejo

Permiti sonhar tanto
A minha vida na tua.
E agora que tive que partir
Ficou-me a vontade
De não sonhar mais,
Mas buscar meu desejo maior:
Não possuir desejo nenhum!

Quero poder ser todas as coisas.

Nenhum comentário:

Curta