7 de março de 2007

Se acreditares


Se acreditares.


Não acreditas quando falo de amor
E de quando largaria tudo para ires onde for
Se tu soubesses que essa vida é única
E que se amanhã em outros braços eu estar
Podes ficar sozinho e sem carinho
E vai doer muito, e não um pouquinho
Não me teres para amar.
Quem sabe busques outras mulheres
Mas eu sei que o queres
É minha imagem encontrar.
Deitaras em outros braços quentes,
E quando olhares nos olhos de outra
É meu olhar que virá em tua mente.
Quando estiver demasiadamente angustiado
Te fará falta não me ter ao teu lado
Para dizer que vai ficar tudo bem.
Mas teu medo é do que vão pensar
E se por acaso vão falar
De estares apaixonado.
Quando tempo ainda te falta ?
Se vem logo a fria madrugada,
Então deita em meu peito terno
Que eu te farei eterno
Inspiração de todos os meus versos
Que a vida me permitir criar.


( Cáh Morandi)

Nenhum comentário:

Curta