11 de março de 2007

Só sei que por não te ter agora
Minha alma triste chora
Por não ter a tua para amar
Como eu queria, não importa o dia
Viver para te alegrar.
Essa falta que te tenho
É a dor mais cortante que existe
Que fez desse dia, um dia triste
Sem que eu nem pudesse te abraçar.



-

Sentado na poltrona do avião
Sei que olhas na janela
E quando vês a imensidão
Lembra da triste espera
Que angustia teu coração
Mas quando chegue a primavera
Já teremos dançado aquela canção
E na manhã que for a mais bela
Unirei pra sempre
A minha
com a tua
mão.


-

Nenhum comentário:

Curta