23 de março de 2007

A maior riqueza


Não preciso dessas coisas passageiras que me cedes
O que quero é teu carinho, é teu cuidado
O que quero é o sentimento que pode ser eterno.
Bens e riquezas não me valem nada
Quando o que preciso é algo maior que o mundo.
Se tu me viesses nu e faminto
Assim mesmo te desejaria.
Te amo pelo que és.
Não pelo que tens.
Te amo pela forma que me abraças.
Não pelos presentes estrangeiros.
E se tu se perdes e se enganas nesse caminho,
Quantas vezes mais terei de te explicar
que eu não te seguirei por aí?
Já devias saber que eu não te sigo...
Eu dou a volta e espero-te ao fim da estrada,
Pra te lembrar do amor que deixaste na vida
Pensando valer menos do que agora nada tens
Mas eu posso dar-te
O meu coração.
(...se quiseres... )


( Cáh Morandi )

.
.

Nenhum comentário:

Curta