11 de março de 2007

Desse dia


Caminhei à tarde pela areia da praia
Água morna, o céu fechado.
Meu biquíni florido já desbotado
E as mãos carregando as sandálias.
Conhecidos a cada dez passos
Cumprimento e saudações
Naquele instante , ali onde caminhava
Mil idéias surgiram, disparatas.
Me senti nua, sozinha.
Não tenho sido a mesma.
Pensei: que tristeza!
A velocidade que a vida passa!
Onde antes eu fazia castelos de areia
Hoje é o lugar que dez minutos não tenho para ver
Quem me dera voltar algumas primaveras
Deixando esses triste invernos e solitários outonos
Para viver o verão de minha infância querida.


( Cáh Morandi )
11/02/2007

Nenhum comentário:

Curta